sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

PU-TA-RI-A, PUTARIA! (nos quadrinhos)

Olá nerdaiada que lê Senhor dos Anéis em braile, tatuado na minha benga. Aproveitando a ausência daquele site de merda quadrinhos, vim bostar nesse blog... cujo dono eu nunca falei na vida. Fui incentivado a postar o que qualquer coisa sobre qualquer assunto que eu conhecesse. O problema é que tudo o que eu faço é bater punheta. E agora? Então pensei "Porra, e tem assunto melhor?". Primeiramente, não vou falar sobre quadrinhos eróticos, porque eles existem desde que minha avó era cabaço, e também não teria tanta graça. Quem quiser saber mais sobre, tem um documentário da GNT muito bom pra download e tem ele no youtube: http://www.youtube.com/watch?v=3rn0ZC97SWA Voltando ao tema, basicamente eu vou falar sobre os quadrinhos o qual eu bati umazinha enquanto lia. Entretanto, esse ano não me lembro de ver nada de especial quando a isso nas edições mensais. Até porque eu não leio tudo que sai das editoras (muito menos da Marvel), pelo bem da minha sanidade mental (né Alan Moore). Aliás, falando nesse velho gagá, tenho uma crítica sobre a época que ele escrevia Monstro do Pântano (que só li esse ano. Me processe). Em relação àquela fatídica edição que ele discute sobre sexo com a namorada dele, afinal, mulher "Quer picaaa... me dá picaaaa...". Lembro que quando começou àquele papinho das "necessidades carnais" da Abigail eu já tinha botado meu menino pra fora, mas aí ele faz isso:
Aí você pensa: "Que lindo. que romântico. Eles se unem em uma conjunção espiritual e..." NÃO, filho da puta! Isso aí é só uma viagem de LCD que ele teve e quis representar isso na HQ (e não foi a última vez que Moore o fez). O que eu queria DE VERDADE era algo como ISSO:
Druuna é foda em todos os sentidos mesmo... Mas continuando, lembro que teve polêmicas sobre sexo no início dos Novos 52 com duas das personagens mais gostosas da DC. Primeiro veio a Estelar com àquele corpo lindo na praia e chama o cara pra dar uns focks, porque estava necessitada. Digno de pornochanchada, só faltou ele ser um entregador de pizza OU "chefe e secretária" no maior esquema "faço qualquer coisa pelo trabalho". Falando em putaria forçada: BATMÁ! Essa foi outra polêmica dos Novos 52, a Mulher Gato, que pelo visto não foi lá pra roubar, meio que estupra o coitado do nosso homem morcego no meio da sala, e no chão! Veijem:
Olha, é o que eu sempre falo, qualquer cena de sexo do Batman nas HQs da DC são forçadas, e sabem porque? PORQUE NUNCA É COM O ROBIN!
Porra, tenho que falar da cena de sexo mais ridícula:
YOUR TURN??? Que porra é essa? O próprio MDM já comentou sobre isso, mas não tinha como não colocar aqui também. Sério, qual o sentido de se diminuir e entrar na mulher? Como ele vai respirar lá dentro? E O QUE DIABOS ELA VAI FAZER SE DIMINUINDO???? Esse povo da Marvel é muito depravado mesmo... E agora, a cena que pra mim é a melhor de todas, Todas, TODASSSS as cenas de sexo nos quadrinhos, é da nossa querida Jessica Jones na PRIMEIRA edição de Alias, escrita por Brian Michael Bendis, dizendo que queria se distrair um pouco dos seus problemas com um sexo casual, sendo humilhada e rasgada por uma giromba negra gigante (Luck Cage), só pra sentir algo diferente (como toda mulher quer, obviamente). Veijem:
Fora o Superman, que era virgem, fazendo uma sex tape com a BARDA (depois dizem que só o Stan Lee fez mal pro Jack Kirby):
Também tem aquelas doces mancadas feitas por parte de desenhistas e roteiristas, que faziam quadrinhos infantis, mas não esperavam que existiriam velhos pervertidos como nós que deturpariam sexualmente suas obras: Fica aqui uma menção honrosa a Robert Crumb, que eu nunca havia lido nada dele na vida, até folhear um encadernado seu de tiras sexuais e mostrar para a minha namorada, que me obrigou a comprá-lo quando ela chegou na história do Nariz-de-Pica.
Obrigado Crumb. Nesse dia ela deixou eu fazer tudo, Tudo, TUDO com ela (usando meu nariz). Comprem por esse link na Saraiva e se divirtam também: ME CHUPA OBS: Esse Blog Está oficialmente com o selo Alan Moore de Desaprovação
#mechupem

Um comentário: